Caixa Cultural Curitiba

Ancestralidade, força viva presente na vida de quem sabe com beleza moldar o que antes não tinha forma definida, assim acontecem os dias na Moita Redonda, povoado localizado na zona rural de Cascavel interior do estado do Ceará, onde as famílias, tem como principal fonte de renda o barro colhido no rio Mal Cozinhado, que banha o povoado, transformando-o na Cerâmica de Cascavel, um dos ícones de referência da cultura cearense. Tendo como figura central a mulher, esse conhecimento vem sendo repassado há gerações, nele podemos ver herança dos povos indígena, negro e branco. O trabalho é feito com tecnologia primitiva usando como ferramentas, pedaços de cabaça, sabugos de milho e sementes para dar o polimento; as tintas são extraídas do barro e a queima é feita à lenha, lá se vive independente de aparatos modernos e a liberdade de criação é que gera o sustento.

Foi neste ambiente que em 2009, em uma ação conjunta entre o luthier e artista plástico Tércio Araripe e as “senhoras do barro” surgiu o Grupo Uirapuru – Orquestra de Barro. Usando técnicas ancestrais confeccionaram instrumentos musicais de corda, sopro e percussão que são tocados pelos jovens filhos e netos das senhoras. Um dos principais objetivos da orquestra, é despertar nos jovens a continuidade da tradição da qual fazem parte, e se encontravam “distantes”, e deixa-los ver que através da arte podemos criar algo novo, sem se desligar da velha tradição.

O Instituto 3 ARTE, atende hoje de forma direta e indireta a quase mil habitantes que hoje formam a comunidade, entretanto, as ações desenvolvidas não se limitam ao povoado Moita Redonda, diversos projetos como a criação do Mataquiri Museu Escola de Arte e Residência Artística, que propõe um dialogo entre o contemporâneo e o ancestral, busca legitimar e valorizar, ainda mais, a cultura nordestina e brasileira, assim como o reconhecimento do IPHAN com o Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade 2015 ampliam as resultantes de nossas ações de forma exponencial.

Com um figurino que mescla elementos da cultura cearense como a renda de bilro, o labirinto e o filé unidos a outros elementos têxteis como o feltro artesanal, bordados e adereços; “Passarinhada” espetáculo que o Grupo Uirapuru – Orquestra de Barro apresenta na Caixa Cultural, é fruto da pesquisa que o grupo vem desenvolvendo com o canto dos pássaros e a sonoridade dos instrumentos musicais de barro, uma reverência à liberdade e a ancestralidade.